março 06, 2011

Lembre - se sempre,


Que a pele se enruga, o cabelo se torna branco, os dias se transformam em anos, mas o importante não muda. 
A sua força e sua segurança não têm idade. O seu espírito é o espanador de qualquer teia de aranha. Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida. Atrás de cada engano, há outro desafio. Enquanto estiver viva, sinta-se viva. Se fizer algo diferente, volte a fazê-lo. Não viva de fotos amareladas. Siga em frente ainda que todos esperem que desista. Não deixe que se oxide o ferro que existe em você. Faça com que, em vez de pena, tenham respeito por você. Quando, devido à idade não puder correr, ande depressa. Quando não puder andar depressa, caminhe. Quando não puder caminhar, use a bengala. Mas não pare nunca! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário