dezembro 01, 2010

Um bilhete. Uma declaração.

Somos o dia tão claro, e somos o que escolhemos ser. Logo, somos o melhor de nós mesmos. Somos um encontro de olhares, somos sorrisos e gargalhadas simultâneas, somos um louco e doce beijo. Somos a minha razão de sorrir depois de um dia tão neurótico sem você. Queria tanto poder te olhar, cantar pra você, senti-lo bem perto de mim. Faz-me bem, feliz. Bem, você estava certo, preciso de alguém comigo, ando precisando de você. Se um dia eu errar, por favor, não comece a me odiar, porque até nos meus momentos mais insanos, principalmente nestes momentos, é quando eu mais te amo. Obrigado por sempre ter insistido pra eu me tornar melhor. Você é a parte mais maravilhosa de mim.

Um comentário: